terça-feira, 3 de maio de 2016

COISAS DE TIA =)))

Dos  momentos que você se dá conta o quanto gosta de ver a mamãe da criança quando ela está chorando...

Perto do horário de almoço recebi uma ligação, era da minha irmã, ela me convidando para almoçar...
Como eu poderia recusar se tinha um pacotinho a minha espera...=))
 
Chegando lá a bolitinha mais linda da família estava mais uma vez mamando... Como eu acho lindo esse momento... parece tão especial... admiro tanto minha irmã por isso... Por não ligar para as dores do bico rachado... Não ligar para nada... só para aquele momento... É uma das coisas que eu fico lá parada com cara de tonta sabe.... só admirando mesmo toda aquela paz que o momento mãe e filha traz....

Nesse meio de tempo fui colocar o almoço no fogo... porque até então, coitada não havia conseguido fazer nada... Tinha recebido uma visita antes que lhe atrapalhou um pouco mais....

Ela terminou de amamentar meu cunhado chegou e cuidou da bolotinha para terminarmos o almoço mais rapidinho... Mais ela estava dormindo então foi colocada no sofá, sob seu colchonete, cheia de almofadas em volta pra lhe proteger... um anjinho...=))

Conversamos comentando as novidades... Que agora eram muitas... Conversamos sobre como era boazinha e não dava trabalho de dia... mais a noite era como se fosse dia.... hahahaha.... Eis que que escuto um resmungo...

Já havia quase terminado tudo... então deixei o restinho de a fazeres pra minha irmã e fui curtir aquele pequeno momento com a bonequinha...

Tudo estava indo muito bem como sempre... aquele olhão pra mim ... eu cantando a musiquinha da Dona Aranha... e ela prestando tanta atenção como se já conhecesse essa musica...

Mas de repente ela começou a ficar inquieta e eu percebi que era fome...

Então disse para minha irmã... almoça rapidinho... enquanto eu cuido dela... porque tem gente que já está procurando peito... =))

Cantei a Aranha... cantei o sapo... e ela até que se acalmou com a perereca suicida... rsrsrs... na verdade acho que achou que eu fosse louca... =))

Então minha irmã disse acho que ela fez coco... olha aí...

E eu fui ver... estava calma... porque eu nunca havia visto ela chorar antes...Estava achando até bonitinho...

Não é que ela tinha feito mesmo... Problema resolvido pensei....

Levei até o trocador e a cada segundo parecia que ela estava ficando mais nervosa... bracinhos e perninhas inquietos... como se dissessem tiro isso credo... que nojo...

E eu fui conversando com ela... tentando acalmar... dizia... tudo bem amorzinho não se preocupe... vamos tirar esse coco feio... vai ficar tudo bem...

Mais parecia que ela não escutava... começou a chorar um pouquinho mais... e a cada segundo um pouquinho mais...Eu tentei tirar, trocar e limpar aquela fralda o mais rápido possível... conversando brincando e explicando... Mais nada adiantava... a cada segundo ela ficava mais brava...

Pensei que estivesse com calor tentei tirar o macacão... não fazia a menor ideia de como minha irmã tinha colocado ele pela cabeça da menina.... Ai meu Deus pensava comigo... e ela chorava...

Com quela história de tirar roupa e trocar a frauda ela ficou brava mesmo...

O desespero em mim... como eu ia tirar a cabeça... não podia voltar pra traz já tinha tirado os bracinhos o macacão lá enrolado pra cima... ela chorando alto como nunca havia escutado antes...

Deu vontade de chorar... deu tremedeira... deu calor... Que tia de meia tigela eu pensei... Não sabe nem trocar a roupa de um bebezinho....

Resolvi mais que depressa interromper o almoço... Só não pedi socorro porque tive vergonha...

Até que veio meu cunhado calmamente e disse Oi...

Como eu faço pra tirar esse macacão... obviamente que a essas alturas quase que uma lágrima desceu... por sorte não percebeu que eu estava com tremedeira...

Disse...AA.. tem um botãozinho aqui...

A bebe chorando mais alto quanto podia...

Me aliviei quando percebi que a cabecinha dela iria sair sem sacrifício...

Quando vi minha irmã entrando no quarto foi a coisa mais feliz que poderia ter acontecido... Claro que eu tentei parecer calma... Não sei se colou... ainda mais quando disse...

Toma termina você... =))

Saí do quarto... Ave Maria... Pensei comigo tem gente que nasce pra ser mãe e tem gente que nasce pra ser tia ...

Comprovei isso escutando da cozinha enquanto eu almoçava ela trocar a bebe.. conversar com calma... dizendo sobre a roupa bonita dela... aos poucos o chororo foi parando... se aquietou... Chegou na cozinha quietinha... estava calminha... Pensei comigo... coisas de Mãe...

Logo depois o choro voltou... mais era só o jeitinho dela dizer... Estou com fome pelo amor de Deus...

Saí de lá tão decepcionada comigo... não pelo chororo... mais pela derrota do macacão =/

obs.: Não sei ser Mãe... Só sei ser tia mesmo.